A Revista NAVIGATOR é dirigida a professores, pesquisadores e alunos de História e tem como propósito promover e incentivar o debate e a pesquisa sobre temas de História Marítima no meio acadêmico.





A Fortaleza de Humaitá: entre o mito e a realidade
The Fortress of Humaita: between myth and reality

Eduardo Nakayama
Mestre em Historia pela Universidade de Passo Fundo (UPF). Advogado, formado pela Faculdade de Direito e Ciências Sociais da Universidade Nacional de Assunção com pós-graduação em Direção Estratégica pela Universidade de Belgrano em Buenos Aires. Foi fundador e ex-presidente da Associação Cultural Manduarâ, ex-diretor da Academia Liberal de História e membro das seguintes academias e institutos: Academia Paraguaya de la História (APH), Instituto de Geografia e História Militar do Brasil (IGHMB), Instituto de Investigaciones Históricas y Culturales de Corrientes (IIHCC) e do ICOFORT/UNESCO.


RESUMO
A Fortaleza de Humaitá foi a obra mais importante de engenharia militar da República do Paraguai realizada na Época dos López (1841- 1870). Ainda que desde os tempos do Doutor José Gaspar Rodríguez de Francia, na Época da Independência (1811-1840), já existisse ali uma guarda fluvial, tal guarda era modesta e a sua construção materializou-se só depois do grave conflito diplomático com o Império brasileiro, que derivou na expedição do Almirante Pedro Ferreira de Oliveira (1854-1855) e outro impasse internacional, neste caso com os Estados Unidos, após o incidente com o navio Water Witch. Durante a Guerra da Tríplice Aliança (1864-1870), a Fortaleza de Humaitá, no Cuadrilátero paraguaio, foi o centro vital da defesa paraguaia e em torno da qual se desenvolveu a maior parte do conflito bélico, durante a Campanha de Humaitá (1866-1868).

PALAVRAS-CHAVE: Paraguai; Humaitá; Passagem

(Veja o artigo na íntegra na versão PDF)

ABSTRACT
The Humaitá Fortress was the most important military engineering work of the Republic of Paraguay in the López Period (1841-1870). Although since the time of Doctor Jose Gaspar Rodríguez de Francia, in the period of Independence (1811-1840), there had already been a river guard, such a guard was modest and its construction materialized only after the serious diplomatic conflict with the Empire which led to the expedition of Admiral Pedro Ferreira de Oliveira (1854-1855) and another international impasse, in this case with the United States, after the incident with the Water Witch. During the War of the Triple Alliance (1864-1870), the Humaitá Fortress in the Paraguayan Quadrangle was the vital center of the Paraguayan defense and around which most of the war broke out during the Humaitá Campaign (1866- 1868).

KEYWORDS: Paraguay; Humaitá; Passage