A Revista NAVIGATOR é dirigida a professores, pesquisadores e alunos de História e tem como propósito promover e incentivar o debate e a pesquisa sobre temas de História Marítima no meio acadêmico.





Uma elite de oficiais: hierarquias e usos políticos da Guarda Nacional na fronteira meridional do Império (Jaguarão, 1860-1889)
An officers’ elite: hierarchies and political uses of the Guarda Nacional on the meridional border of the Imperial Brazil (Jaguarão, 1860-1889)

Amanda Chiamenti Both
Doutoranda pelo programa de Pós-Graduação em História da PUC-RS.


RESUMO
O presente artigo objetiva analisar a Guarda Nacional enquanto uma instituição que ocupou papel central na sustentação da hierarquização que caracterizou a sociedade brasileira do Oitocentos. Para tanto, focamos nossa investigação na Guarda Nacional de Jaguarão, município localizado na fronteira sudoeste da Província de São Pedro do Rio Grande do Sul, no interstício entre 1860 e 1889, cotejando aspectos quantitativos e qualitativos. Apresentamos o perfil do corpus da Guarda Nacional, evidenciando a distância existente entre os oficiais e os demais membros da milícia, o que refletia e reforçava a hierarquia existente na sociedade. Além disso, através do exame de casos específicos, demonstramos como a estrutura organizacional da Guarda era politicamente utilizada pelos oficiais e por outros potentados locais a fim de manterem o status quo e de perpetuarem-se na condição de elite.

PALAVRAS-CHAVE: Guarda Nacional; hierarquias sociais; Brasil Império

(Veja o artigo na íntegra na versão PDF)

ABSTRACT
The goal of the present work is to analyze the “Guarda Nacional” as a key institution to sustain the hierarchic process that took place in the Brazilian society in the XIX century. We focus our investigation on quantitative and qualitative aspects of the Guarda Nacional of Jaguarão Municipality, placed at the southwestern border of São Pedro province, Rio Grande do Sul State, between 1860 and 1889. We present the Guarda Nacional profile, showing the distance between officers and other military members, which both reflect and reinforce the hierarchic structure of the society. Besides, through the analyses of specific cases, we demonstrate how the organizational structure of the Guarda was politically used by officers and by others
influential local citizens to keep the status quo and to perpetuate in an elite position.


KEYWORDS: Guarda Nacional; Social hierarchies; Imperial Brazil