A Revista NAVIGATOR é dirigida a professores, pesquisadores e alunos de História e tem como propósito promover e incentivar o debate e a pesquisa sobre temas de História Marítima no meio acadêmico.





Nova História Militar de Portugal

Luiz Guilherme Scaldaferri Moreira
Doutorando em História pela UFF e mestre em História Social pela UFRJ, é autor do livro Os Índios na História da Aldeira de São Pedro de Cabo Frio. Além disso, é Professor da Universidade Veiga de Almeida.

Resenha de HESPANHA, António Manuel (Coordenação). Nova História Militar de Portugal. Lisboa: Círculo de Leitores, 2004.

Desde o período clássico, em que os gregos começaram a produzir uma literatura, a que chamaram de História – que evidenciava seus feitos heroicos (mitológicos ou reais), com a descrição de suas batalhas e de suas guerras –, até o século XXI, a escrita da história sofreu várias modificações. Com o surgimento da “Escola dos Annales”, em 1929, na França, tais alterações se tornaram cada vez mais rápidas e inovadoras, fato que culminaria na denominada “Nova História”.1 Essas, por sua vez, trouxeram novos ares à disciplina, inaugurando novos campos, como por exemplo a história política e a história econômica. Todavia, para o que nos interessa aqui, queremos destacar a “Nova” história militar, particularmente a coleção Nova História Militar de Portugal, sob direção de Manuel Themudo Barata e Nuno Severiano Teixeira, que em seu segundo volume, dedicado ao período moderno, fora coordenada por António Manuel Hespanha, contando com a participação de mais oito autores.

(Veja o artigo na íntegra na versão PDF)